O que é PcD?

Nota de atualização: Conteúdo revisado e atualizado em março/2024.

Você realmente sabe o que significa PcD? Para profissionais de RH comprometidos com a construção de um ambiente corporativo inclusivo, compreender profundamente o conceito de Pessoa com Deficiência (PcD) é essencial. Este guia visa não apenas esclarecer o termo, mas também destacar a importância da inclusão efetiva das PcDs nas organizações.

O conceito de PcD e a linguagem adequada

A sigla PcD representa “Pessoa com Deficiência”, termo recomendado para se referir a indivíduos com limitações físicas, mentais, intelectuais ou sensoriais de longo prazo, que podem enfrentar barreiras para sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas. A escolha de palavras é crucial; termos como “deficiente” ou “portador de deficiência”, além de obsoletos, podem ser pejorativos, não refletindo adequadamente a condição permanente ou a dignidade da pessoa.

A Legislação Brasileira e o direito à inclusão

A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), Lei nº 13.146 de 6 de julho de 2015, representa um avanço significativo nos direitos das PcDs, assegurando-lhes o acesso à educação, trabalho, saúde e acessibilidade. Outras normas complementam o estatuto, formando um arcabouço legal que promove a inclusão social e a igualdade de oportunidades.

Tipos de deficiência

De acordo com o Censo 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 24,5 milhões de brasileiros, ou 14,5% da população do país, enfrentam desafios associados à audição, visão, mobilidade, condições físicas ou capacidades mentais/intelectuais. Este levantamento revela a diversidade e a prevalência de deficiências no Brasil, destacando a importância de políticas e práticas inclusivas.

As deficiências podem ser identificadas como congênitas, presentes desde o nascimento, ou adquiridas, desenvolvidas ao longo da vida devido a acidentes, doenças ou outras causas. Este entendimento é crucial para desenvolver abordagens adequadas de apoio e inclusão.

Visual

Engloba desde a perda parcial (baixa visão) até a total da capacidade visual (cegueira), podendo ser uma condição desde o nascimento ou adquirida. A tecnologia e recursos específicos, como o sistema braille e dispositivos de leitura adaptados, são fundamentais para a autonomia e inclusão de pessoas com deficiência visual.

Auditiva

Essencial para a comunicação e percepção do ambiente, a perda auditiva varia em grau e pode afetar um ou ambos os ouvidos. A identificação e o uso de recursos adequados, como aparelhos auditivos e linguagem de sinais, são vitais para a inclusão efetiva.

Física

Caracteriza-se por limitações na mobilidade ou força muscular, podendo ser temporária ou permanente. A adaptação do ambiente e o uso de próteses ou outras tecnologias assistivas podem facilitar a inclusão e a qualidade de vida das pessoas com deficiência física.

Mental/intelectual

Distúrbios que afetam o desenvolvimento neurológico, geralmente identificados na infância, podem influenciar a capacidade de aprendizagem, comunicação e interação social. Abordagens educacionais e terapêuticas adaptadas são essenciais para o desenvolvimento e a inclusão desses indivíduos.

Múltipla

A combinação de duas ou mais deficiências em uma pessoa pode resultar em desafios únicos para a inclusão e necessita de uma abordagem multidisciplinar e personalizada.

Surdocegueira

Uma condição complexa que envolve a perda de visão e audição, exigindo métodos de comunicação e educação especializados para garantir a inclusão e participação social plenas.

Quais são os direitos que PcD tem?

As pessoas com deficiência (PcD) têm uma série de direitos assegurados por legislações específicas, visando promover a igualdade de oportunidades, a inclusão social e o acesso a benefícios que contribuem para uma vida mais digna. Entre os direitos mais destacados estão a reserva de vagas em concursos públicos e em empresas privadas, estabelecendo uma política de cotas que se estende também para o ingresso em universidades, tanto públicas quanto privadas.

Adicionalmente, pessoas com deficiência têm direito a descontos na conta de energia elétrica, condições especiais para aposentadoria e o direito à aposentadoria por invalidez, garantindo assim, suportes importantes para o enfrentamento das barreiras que a deficiência pode impor no cotidiano. Esses direitos são fundamentais para assegurar a equidade e promover a integração plena das PcDs na sociedade, refletindo um avanço importante nas políticas de inclusão e acessibilidade.

Inclusão e acessibilidade

Cada tipo de deficiência apresenta seus próprios desafios, mas o objetivo comum deve ser a inclusão e a criação de oportunidades iguais para todas as pessoas com deficiência. Isso envolve desde a adaptação do ambiente físico até a implementação de tecnologias assistivas e políticas inclusivas, garantindo que todos possam participar plenamente da vida em sociedade, com acesso à educação, trabalho e lazer sem barreiras.

Reconhecer e respeitar as diferenças é fundamental para construir uma sociedade mais inclusiva, onde cada pessoa, independentemente de suas limitações, possa contribuir e se desenvolver plenamente.

A inclusão de PcDs no mercado de trabalho beneficia não apenas os indivíduos, mas também as organizações, trazendo diversidade de experiências e perspectivas que podem impulsionar a inovação e a criatividade. Profissionais de RH têm um papel fundamental em promover ajustes, capacitações e um ambiente corporativo acolhedor que valorize a diversidade e a igualdade de oportunidades.

O que significa PcD em vagas de emprego?

A sigla PcD em vagas de emprego refere-se a “Pessoas com Deficiência”, um grupo que tem direitos garantidos pela legislação brasileira, visando sua inclusão no mercado de trabalho. A Lei de Cotas, especificamente o artigo 93 da Lei nº 8.213/91, obriga as empresas com 100 ou mais empregados a reservar entre 2% e 5% de suas vagas para PcDs ou beneficiários reabilitados.

Essa exigência é escalonada de acordo com o tamanho da empresa, conforme detalhado pela Lei 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência), garantindo assim um percentual justo de oportunidades de trabalho. Essa medida visa não apenas assegurar direitos, mas também promover a diversidade e a inclusão nas empresas, reconhecendo a capacidade e o potencial de contribuição das pessoas com deficiência no ambiente de trabalho.

Quais são os benefícios dados à PcD?

Pessoas com deficiência (PcD) têm direito a uma variedade de benefícios garantidos por lei, visando facilitar sua inclusão social e promover a acessibilidade. Dentre esses benefícios, destaca-se o acesso gratuito ao transporte público, um direito essencial que facilita a mobilidade e o acesso a serviços e oportunidades.

A isenção de impostos em determinadas circunstâncias é outro benefício importante, aliviando a carga financeira sobre as PcDs. Além disso, elas têm direito à meia-entrada em eventos e espaços culturais, como cinemas, teatros, shows e museus, promovendo o acesso à cultura e ao lazer.

O Benefício da Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica da Assistência Social é um apoio financeiro que assegura um salário-mínimo mensal às pessoas com deficiência que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção, nem a ter provida por sua família. Para PcDs que necessitam de tratamento médico em outras cidades, a legislação prevê o suporte com transporte e hospedagem durante o tratamento, incluindo para um acompanhante, garantindo esse direito exclusivamente aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além disso, pessoas com deficiência têm prioridade de atendimento em estabelecimentos públicos e privados, um reconhecimento da necessidade de reduzir barreiras e dificuldades enfrentadas no dia a dia. Para acessar esses direitos, é necessário apresentar um laudo médico que comprove a condição de deficiência, o que reforça a importância de documentação adequada para a garantia desses direitos. Esses benefícios são cruciais para promover a equidade, a dignidade e a participação plena das pessoas com deficiência na sociedade.

https://www.high-endrolex.com/28

Desafios e soluções para a inclusão

A inclusão efetiva de PcDs enfrenta diversos desafios, desde barreiras físicas até preconceitos sociais. Superar esses obstáculos requer um compromisso contínuo das empresas e dos profissionais de RH em promover a conscientização, adaptar o ambiente de trabalho e implementar políticas de igualdade de oportunidades. Ações como treinamentos de sensibilização, adaptação de espaços físicos e tecnologias assistivas são essenciais para uma inclusão bem-sucedida.

Além de cumprir com as obrigações legais, as empresas que adotam práticas inclusivas se beneficiam de um ambiente de trabalho mais diversificado e harmonioso. A inclusão de PcDs promove uma cultura empresarial que valoriza as diferenças, estimula a empatia e melhora a satisfação e produtividade de todos os funcionários. Empresas inclusivas são vistas positivamente no mercado, atraindo talentos e clientes.

Conclusão

Compreender o significado de PcD e se dedicar à inclusão no local de trabalho transcende um simples comprometimento legal; trata-se de uma prática enriquecedora que beneficia todos – os indivíduos, as corporações e a comunidade em sua amplitude. Ao unir forças, podemos cultivar um ambiente empresarial que verdadeiramente preze pela diversidade, igualdade de oportunidades e respeito à dignidade humana.

Nós convidamos você, profissional de RH, a ser pioneiro nesta transformação, adotando a inclusão de pessoas com deficiência como um pilar central da cultura organizacional de sua empresa. Caso tenha dúvidas sobre como iniciar ou aprimorar as iniciativas de inclusão em sua organização, não hesite em entrar em contato conosco. Estamos aqui para ajudar a tornar seu ambiente de trabalho um exemplo de inclusão e respeito mútuo. Juntos, podemos fazer a diferença.

Jessé Rodrigues
PCD+ | Inclusão com qualidade

 

Esse registro foi postado em PcD e marcado .

17 thoughts on “O que é PcD?

  1. Fernando José Matos de Ataide says:

    Boa tarde, Sr. Eu Fernando.J.M.Ataide 73 , tive uma cirurgia no braço esquerdo ( úmero) (câncer) e tive que colocar uma prótese, lá se vai 23 anos. Comprei um carro, pois não conseguia requer o braço, e para ter lógica de dirigir um carro automático e ter uma isenção de IPVA, desde o ano anteriores não pagava IPVA , agora nesses dois anos 2021/2022 estão agindo e com parcelas do IPVA
    Ok eu posso fazer de ser isento???
    Não pagar,esperar ou tem outra solução!

  2. Fernando J.M.Ataide says:

    Boa tarde, Sr. Eu Fernando.J.M.Ataide 73 , tive uma cirurgia no braço esquerdo ( úmero) (câncer) e tive que colocar uma prótese, lá se vai 23 anos. Comprei um carro, pois não conseguia requer o braço, e para ter lógica de dirigir um carro automático e ter uma isenção de IPVA, desde o ano anteriores não pagava IPVA , agora nesses dois anos 2021/2022 estão agindo e com parcelas do IPVA
    Ok eu posso fazer de ser isento???
    Não pagar,esperar ou tem outra solução!

  3. Rafael Nesrala says:

    Sem dúvidas umas das melhores regras que o país criou são os pcd’s, eu não consigo entender pq uma pessoas que possuem limitações na fala não entra no grupo de pcd já que as demais que possuem deficiência em ouvir e ver são do grupo. Um gago não consegue ter uma disputa nivelada com uma pessoa que fala bem ao disputar uma vaga de trabalho. Isso deveria ser revisto.

  4. Ricardo André Madeira Alvarenga says:

    Boa tarde ; gostaria de pedir uma orientação sobre meu caso.
    Sou portador de BAVT CONGÊNITO INTRAUTERINO; e faço uso de Marcapasso como tratamento desde os 05 anos de vida. e gostaria de saber se enquadro como PCD; PNE?
    Tenho enfrentado minha vida inteira barreiras; como por exemplo emprego ( o último como motorista, fui dispensado pro premissa da empresa que alega que portador de marcapasso não pode exercer atividades críticas). Já consultei médico, e advogados e eles não sabem como me enquadrar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.